0

Avião espião russo voa perto demais de aeronave escandinava

Aeronave militar da Rússia ficou em uma área a 90 metros do avião da SAS, que transportava 132 passageiros, obrigando o piloto a mudar rapidamente de altitude

8 mai 2014
20h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um avião espião russo se aproximou perigosamente de uma aeronave de passageiros da companhia aérea escandinava SAS durante um voo entre Copenhague e Roma no início deste ano, afirmou uma porta-voz da SAS, confirmando uma reportagem da TV sueca nesta quinta-feira.

O incidente ocorreu em águas internacionais entre a Dinamarca e a Suécia, no mar Báltico, em 3 de março, de acordo com a TV sueca.

A porta-voz da SAS, Trine Kromann, disse que o avião militar russo ficou em uma área a 90 metros do avião da SAS, que transportava 132 passageiros, obrigando o piloto a mudar rapidamente de altitude.

"Foi um incidente grave", disse ela, acrescentando que os pilotos da SAS notaram um número crescente de aviões deste tipo naquele período.

Veja também:

'A melhor vacina é a disponível': Por que não se pode comparar os imunizantes contra covid-19
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade