Europa

publicidade
06 de dezembro de 2012 • 08h50 • atualizado às 16h41

Ao lado do príncipe William, Kate Middleton deixa o hospital

Kate sorri ao deixar o hospital King Edward VII ao lado do príncipe William, em Londres: agora é descanso
Foto: AFP

Kate Middleton, a mulher do príncipe William, deixou nesta quinta o hospital onde estava internada desde segunda por complicações ligadas a sua gravidez. Vestida com um casaco longo e carregando um buquê de flores amarelas, a duquesa de Cambridge saiu do hospital Edward VII pouco antes das 11h locais (9h de Brasília) ao lado do marido. Ambos sorriram para os jornalistas presentes antes de entrarem em um carro oficial.

Quando perguntada como estava se sentindo, Kate disse que estava "muito melhor". Em um comunicado, o Palácio de St. James informou que agora a duquesa de Cambridge vai passar um período de descanso no Palácio de Kensington. "Sua Alteza Real gostaria de agradecer à equipe do hospital pelo cuidado dispensado à duquesa", informou ainda o comunicado.

Segundo fontes médicas, Kate sofria de hiperêmese gravídica, um quadro caracterizado por vômitos e enjoos frequentes. Acredita-se que Kate esteja com menos de 12 semanas de gravidez, provavelmente apenas dois meses. O casal real foi obrigado a tornar pública a gravidez de Kate mais cedo do que o imaginado em função de Kate ter baixado no hospital para tratamento, colocando fim a longos meses de especulações.

Como esta condição é mais comum em mulheres com gravidez múltipla, foram lançados novos rumores sobre a possibilidade de que a duquesa esteja esperando gêmeos. Nestes quatro dias de hospitalização, a parte mais detalhada de seu estado de saúde foi obtida por dois locutores de uma rádio australiana que, ao se fazerem passar pela rainha Elizabeth II e pelo príncipe Charles, conseguiram falar na terça-feira com uma das enfermeiras que a atendia. Hoje, a rádio pediu desculpas pelo trote.

AFP