0

Alerta de tsunami é suspenso após tremor de 8,3 graus na Rússia

24 mai 2013
03h28
atualizado às 05h08
  • separator
  • 0
  • comentários

Um terremoto de 8,3 graus de magnitude (inicialmente indicado como 8,2) atingiu o extremo leste da Rússia nesta sexta-feira, de acordo como Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS na sigla em inglês). Por precaução, autoridades do país emitiram um alerta de tsunami para a região de Sakhalin e as Ilhas Kuril, onde os moradores foram orientados a deixar suas casas. Menos de uma hora depois, porém, o Ministério para Situações de Emergência anunciou que não havia perigo nas regiões e suspendeu a medida.

O sismo ocorreu a 359 quilômetros da cidade mais próxima, o município de Esso. Outras localidades, como Yelizovo, Vilyuchinsk e Petropavlovsk-Kamchatskiy também estão a um raio de menos de 400 quilômetros do epicentro. Segundo especialistas, há indícios de que um novo terremoto, de cerca de 7 graus, possa atingir a mesma área na próxima semana.

Apesar da distância, a agência RT informa que moradores de Moscou, a 9 mil quilômetros, sentiram o impacto pós-terremoto e cerca de 900 pessoas tiveram que evacuar suas casas. Aparelhos eletrônicos deixaram de funcionar na capital russa e estruturas de residências foram abaladas. 

A USGS registrou o tremor a 601,8 quilômetros de profundidade. Relatos também indicam que locais do Japão sentiram o incidente.

Não há registros de feridos ou grandes destruições no primeiro balanço divulgado.

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade