PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Europa

Alemanha fechará 31 bases militares para cortar custos

26 out 2011 - 13h37
(atualizado às 14h04)
Compartilhar

O governo alemão decidiu nesta quarta-feira fechar progressivamente 31 bases militares no país, na aplicação do projeto de corte orçamentário das Forças Armadas unificadas (Bundeswehr) aprovado em maio.

A maioria destas instalações será fechada antes de 2015, e o resto antes de 2017, ou inclusive depois, atendendo às especificações de algumas delas, de acordo com o texto adotado pelo Conselho de Ministros. Várias das 381 bases militares alemãs reduzirão sua capacidade.

Este programa forma parte de uma ampla reforma das Forças Armadas alemãs, que se propõe a reduzir o número de efetivos de 200 mil para 185 mil como máximo, e torná-las mais aptas para missões internacionais. Trata-se da maior reforma do sistema unificado de Defesa desde sua criação, há 56 anos.

Dos 185 mil assalariados que dependerão da Defesa Federal, cerca de 170 mil serão soldados e reservistas, e os demais serão voluntários incorporados pelo prazo de um ano. O governo alemão suspendeu o serviço militar no fim do ano.

Com esta reorganização, a Alemanha espera dispor de um contingente permanente de 10 mil soldados prontos para desempenhar missões no exterior. Atualmente, 7 mil militares alemães participam de missões internacionais, especialmente no Afeganistão e no Kosovo.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Compartilhar
Publicidade