0

EUA emitem alerta de viagem para pós morte de bin Laden

2 mai 2011
01h29
atualizado às 10h38

O Departamento de Estado americano emitiu no final da notie de domingo (madrugada no Brasil) um alerta global de viagens a todos os cidadãos americanos depois da morte do líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, advertindo sobre um "aumento potencial" da violência antiamericana.

info, infográfico, mapa, localização, bin laden, rts
info, infográfico, mapa, localização, bin laden, rts
Foto: Reuters

"O departamento de Estado americano alerta aos cidadãos americanos em viagem e residindo no exterior para o potencial aumento da violência antiamericana dado as recentes atividades contraterroristas no Paquistão", afirma o comunicado.

"Dadas a incerteza e volatibilidade da atual situação, os cidadãos americanos em áreas onde recentes eventos podem causar violência antiamericana são urgentemente aconselhados a limitar seus deslocamentos de casa ou hoteis e evitar reuniões e demonstrações em massa".O comunicado acrescenta que o aviso tem efeito válido até 1º de agosto.

Morte de Osama bin Laden
Na noite de 1º de maio (madrugada do dia 2 no Brasil), o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou a morte do terrorista Osama bin Laden. Antes das forças americanas agirem, o líder dos EUA informou ao presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, que o terrorista havia sido localizado em mansão na cidade de Abbottabad, perto de Islamabad, capital do Paquistão. "Ligamos para o presidente paquistanês para deixar claro que não estávamos declarando guerra ao governo", informou Obama. "Os EUA não estão nem nunca estarão contra o Islã, mas contra a Al-Qaeda e seus líderes", afirmou. Segundo Obama, matar Osama bin Laden era prioridade do governo americano. "A justiça foi feita", disse. Mentor dos ataques de 11/9, Osama bin Laden era o terrorista mais procurado do mundo .

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade