0

Um dos homens mais procurados pelo FBI é preso na Nicarágua, diz fonte

22 abr 2013
21h34
atualizado às 21h37
  • separator
  • 0
  • comentários

Um ex-professor de Washington que está na lista dos "Dez Mais Procurados" da polícia federal americana (FBI) por acusações de pornografia infantil foi preso na Nicarágua. A informação foi divulgada por uma fonte da agência Reuters nesta segunda-feira uma fonte de segurança.

O suspeito, Eric Justin Toth, foi preso durante o fim de semana e autoridades americanos estão tentando extraditá-lo. "Estamos no processo de tirá-lo de lá", disse a fonte, que falou sob condição de anonimato.

Toth, de 31 anos, lecionou em uma escola privada na capital dos Estados Unidos e também trabalhou como conselheiro. Estava na lista do FBI desde que o Distrito de Columbia e Maryland emitiram ordens de prisão em 2008.

Ele é acusado de possuir em junho de 2008 uma câmera da escola com imagens pornográficas, disse o FBI em sua página na Internet. Também é acusado de produzir pornografia infantil em Maryland, destacou.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade