0

Suspeito de ataques em Boston teria tentado suicídio, diz CBS

Rede americana afirma que investigadores levaram a hipótese após verificar um ferimento na nuca de Dzhokhar Tsarnaev

21 abr 2013
12h19
atualizado às 12h43
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Imagens mostram suspeito sendo capturado e no hospital; veja fotos
Imagens mostram suspeito sendo capturado e no hospital; veja fotos
Foto: Reprodução/Twitter CNN / AP

O suspeito dos atentados da maratona de Boston, Dzhokhar Tsarnaev, teria tentado suicídio, segundo a rede americana CBS. A hipótese foi levantada após os investigadores detectarem um ferimento na nuca do jovem de 19 anos. Neste domingo, ele permanecia em estado grave, segundo um comunicado divulgado pelo FBI a pedido do hospital. 

"Segundo o centro médico Beth Israel Deaconess, Dzhokhar Tsarnaev permanece em estado grave", afirma a nota. De acordo com o canal CNN, Dzhokhar Tsarnaev estaria "entubado e sob efeitos de sedativos". A emissora CBS informou, com base em fontes ligadas à investigação, que o jovem tinha dois ferimentos provocados por tiros e perdeu muito sangue.

Após uma perseguição de 24 horas, a polícia prendeu na noite de sexta-feira Dzhokhar Tsarnaev, que estava muito ferido e passou o dia em escondido em uma lancha no jardim de uma casa em um subúrbio de Boston (Massachusetts).

O presidente do Comitê de Segurança Nacional da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, o congressista republicano Michael McCaul, disse neste domingo que o mais velho dos irmãos Tsarnaev, Tamerlan, foi "muito provavelmente" treinado pelos islamitas em sua viagem de 2012 à Rússia. "Pessoalmente, acho que este homem recebeu o treinamento enquanto estava ali, e virou um radical de 2010 até agora", disse McCaul em entrevista a um programa da rede CNN.

McCaul assegurou, além disso, que o FBI deveria ter seguido mais de perto a viagem do jovem, que durou cerca de seis meses. "Uma das primeiras coisas que fez (em seu retorno) foi postar no YouTube um montão de retóricas jihadistas. É evidente que algo aconteceu, a meu julgamento, nesse período de tempo de seis meses. Se radicalizou em algum momento no tempo. Onde e como ocorreu isso?", insistiu o republicano.

Com informações das agências internacionais. 

 

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/explosoes-maratona-boston/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/explosoes-maratona-boston/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Veja também:

Onde vão parar os votos antecipados nas eleições dos EUA?
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade