0

Suprema Corte dos EUA invalida lei que complica inscrição de eleitores

17 jun 2013
14h37

A Suprema Corte dos Estados Unidos invalidou nesta segunda-feira uma lei do Arizona que exigia, para contrariedade do governo, uma prova de nacionalidade americana para poder fazer inscrição nas listas eleitorais desse estado do sudoeste do país, onde geralmente os republicanos vencem as eleições.

Esta lei, aprovada para impedir o voto dos imigrantes sem documentos, exigia comprovantes que o governo federal não requeria em seu formulário de inscrição nas listas eleitorais.

A decisão da Suprema Corte só diz respeito ao Arizona, estado que faz fronteira com o México, mas outros quatro estados do sul - Alabama, Geórgia, Kansas e Tennessee - têm leis parecidas e outros doze estudam adotá-las.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade