2 eventos ao vivo

Pugilista Floyd Mayweather é preso por violência doméstica

1 jun 2012
21h14
atualizado às 23h09

O pugilista americano Floyd Mayweather, 34, começou a cumprir nesta sexta-feira uma sentença de 90 dias de prisão por violência doméstica, publicou o jornal Las Vegas Sun.

Floyd Mayweather é levado à prisão por ter atacado uma ex-namorada sob o olhar de duas filhas em 2010
Floyd Mayweather é levado à prisão por ter atacado uma ex-namorada sob o olhar de duas filhas em 2010
Foto: AP

O atleta se apresentou pela manhã ao tribunal de Las Vegas, onde foi algemado e acompanhado por oficiais à prisão do condado de Clark.

"Minhas filhas e eu passamos juntos um tempo precioso, antes de eu dizer adeus à minha família e aos meus amigos e fãs", publicou o pugilista, invicto em 43 lutas, em sua página no Twitter.

O americano, heptacampeão mundial em cinco categorias, deveria ter começado a cumprir a pena em janeiro, mas o juiz determinou a ampliação do prazo a pedido dos advogados do pugilista, que desejava enfrentar em 5 de maio o porto-riquenho Miguel Cotto em Las Vegas.

A alegação era de que o combate geraria milhões de dólares para a enfraquecida economia da Capital do Jogo, o que, de fato, ocorreu.

No fim de dezembro, Mayweather declarou-se culpado de várias acusações de violência doméstica após uma discussão em que ele agrediu a ex-namorada diante de dois de seus filhos.

O pugilista já completou 45 das 100 horas de serviço comunitário determinadas pela corte como parte da sentença.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade
publicidade