0

ONU: negociações sobre tratado de armas empacam

28 mar 2013
21h49
atualizado às 21h57

Os países da ONU fracassaram nesta quinta-feira em alcançar um acordo sobre um projeto de tratado para regulamentar o comércio internacional de armas, devido à oposição de Irã, Coreia do Norte e Síria, informou o presidente da conferência, Peter Woolcott.

"Não há consenso para este ano", declarou Woolcott, após Teerã, Pyongyang e Damasco reafirmarem sua negativa ao tratado em sessão plenária.

O México, apoiado por vários países da África e da América Latina (Nigéria, Costa Rica, Chile e Colômbia), propôs a adoção do texto sem votação, algo rejeitado energicamente pelo representante russo: "esta manipulação de consenso é totalmente inaceitável e a Rússia se opõe.

Quênia, seguido por outros países como a Grã-Bretanha, sugeriu o envio do texto do projeto à Assembleia Geral para sua adoção.

"Um bom e sólido tratado foi bloqueado por Coreia do Norte, Irã e Síria, mas a maior parte dos países quer uma regulamentação", afirmou a representante britânica, Jo Adamson, que se declarou "decepcionada". "Vamos enviar este texto à Assembleia Geral quando for possível, isto não é um fracasso, mas um sucesso".

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade