1 evento ao vivo

Obama confirma contatos de alto escalão com Rússia para extraditar Snowden

1 jul 2013
14h04
atualizado às 14h35

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, confirmou nesta segunda-feira na Tanzânia que seu país está mantendo "conversas de alto nível" para conseguir a extradição de Edward Snowden, o ex-técnico da CIA acusado de espionagem e que permanece no aeroporto de Moscou.

Em entrevista coletiva conjunta com o presidente da Tanzânia, Jakaya Kikwete, na capital Dar-es-Salam, Obama afirmou que Snowden viajou "sem um passaporte válido" e espera que o governo russo tome uma decisão de acordo com a legislação internacional.

Obama disse que os EUA usaram todos os "canais para conseguir a extradição de Snowden.

"Houve conversas de alto nível com a Rússia para tentar encontrar uma solução", garantiu.

"Não temos um tratado de extradição com a Rússia. Mas, por outro lado, Snowden viajou sem um passaporte válido. Esperamos que o governo russo tome uma decisão baseada nos procedimentos normais referentes à legislação internacional sobre viagem", concluiu Obama.

Obama e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, encarregaram seus serviços de segurança a encontrarem uma solução para o caso do ex-técnico da CIA, anunciou hoje Nikolai Patrushev, secretário do Conselho de Segurança da Rússia.

EFE   
publicidade