1 evento ao vivo

Obama cogita fixar em Chicago sede de campanha à reeleição

29 dez 2010
17h41
atualizado às 17h59

Ao contrário de todos os presidentes na história moderna dos Estados Unidos, Barack Obama cogita fixar a sede da campanha para sua reeleição em 2012 fora de Washington ou seus arredores, optando por Chicago, segundo a imprensa local.

A revista The Politico descreve essa decisão como "ousada" e assegura que os estrategistas do presidente tentariam com isso recriar parte da magia que se criou em torno de Obama durante a campanha presidencial de 2008.

Fontes próximas à campanha disseram à revista que embora a decisão não tenha sido confirmada, Chicago desponta como uma escolha praticamente segura.

Tanto a campanha para a reeleição do presidente George W. Bush em 2004, como as de Bill Clinton (1996), George H. W. Bush (1992), Ronald Reagan (1984), Jimmy Carter (1980) e Gerald Ford (1976) se estabeleceram ou em Washington ou no estado da Virgínia, próximo à capital americana.

O principal assessor político da Casa Branca, David Axelrod, anunciou em meados de novembro que retornaria a Chicago no início de 2011 para começar a desenhar a campanha para a reeleição de Obama.

O assessor, de 55 anos, é amigo do presidente há muitos anos, e foi o principal estrategista da histórica campanha de 2008 que deu o triunfo ao atual inquilino da Casa Branca.

Está previsto que o agora chefe adjunto de Gabinete da Casa Branca, Jim Messina, se some a Axelrod e sua equipe em Chicago.

Alguns analistas políticos acreditam que uma das principais vantagens de uma decisão desse tipo é que Obama poderia alegar, como o fez em 2008, que não é uma criatura de Washington.

Entre as possíveis desvantagens, segundo os observadores, poderiam estar os pouco mais de mil km que separam Washington de Chicago, e que poderiam gerar problemas de comunicação entre a campanha de Obama e a equipe para sua reeleição.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade