0

Obama afirma que não aumentar teto da dívida será como uma "bomba nuclear"

8 out 2013
15h51

O presidente americano, Barack Obama, disse nesta terça-feira que um desacordo que impeça de aumentar a tempo o teto de dívida dos Estados Unidos será "caótico".

Em entrevista coletiva, o presidente utilizou as palavras do investidor Warren Buffett e comparou a situação de endividamento com "uma bomba nuclear, uma arma horrível demais para ser usada".

Obama declarou que, se não se aumenta esse limite para pagar obrigações já contraídas antes do dia 17 de outubro, isso "será dramaticamente pior" que uma paralisação da administração pública como a atual, que acaba de completar uma semana.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade