Estados Unidos

publicidade
13 de fevereiro de 2013 • 05h39 • atualizado às 05h53

NY: turista é estuprada ao sair de boate frequentada por estrelas de cinema

 

A polícia americana investiga a história de uma turista australiana que alega ter sido levada à força para um beco e estuprada após sair da Lavo, uma das casas noturnas mais caras de Nova York. A vítima foi apenas identificada como uma jovem de 20 anos natural do Estado de Vitória.

Segundo a versão apresentada aos policiais, ela teria participado de uma festa exclusiva na boate, que é frequentada por atores de cinema como Leonardo DiCaprio e Gerard Butler. 

Ao deixar o local, por volta das 3h35, a turista chegou a entrar em um táxi, mas saiu do veículo por considerar abusivo o preço da corrida. Tão logo deixou o carro, ainda na frente da casa noturna, ela diz ter sido agarrada por trás e arrastada até um beco, onde foi estuprada.

"A vítima desceu de um táxi amarelo na rua East 58, foi agarrada por trás, arrastada e violentada", declarou Donald Beldock, porta-voz do departamento de polícia de Nova York, à rede americana CBS.

Em depoimento, a australiana disse não saber precisar detalhes sobre o estuprador, já que estava muito bêbada quando tudo aconteceu. Pelas informações que passou aos policiais, o homem que a a atacou tem idade estimada entre 35 e 40 anos, mede 1,87 m de altura, pesa cerca de 86 kg e usava um boné com uma caveira na noite do crime. 

Os investigadores trabalham com a hipótese de que o criminoso tenha estado na casa noturna pouco antes. Câmeras de segurança tentam encontrar mais pistas. 

Com informações dos jornais New York Post e Sydney Morning Herald 

 

Terra Terra