2 eventos ao vivo

Meninas drogam pais para usar internet depois das 22h

4 jan 2013
09h56
atualizado às 11h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Duas adolescentes do Estado americano da Califórnia foram presas após drogarem os pais de uma delas para poderem usar a internet além do horário permitido a elas, disseram autoridades locais à agência AP.

As jovens, de 15 e 16 anos e moradoras da cidade de Rocklin, colocaram pílulas para dormir - que necessitavam de prescrição médicas para serem comercializadas - em milk-shakes e deram para o casal. Após acordarem grogues, eles suspeitaram de algo e auto aplicaram um teste de toxicidade. Quando o teste deu positivo, eles levaram os resultados para a polícia.

Segundo a polícia, elas agiram dessa forma porque consideravam a regra de não poderem usar a internet depois das 22h muito "rígida".  "As meninas queriam usar a internet, e fariam o que fosse necessário para isso", disse o tenente Lon Milka ao jornal The Sacramento Bee.

As jovens foram levadas para um reformatório juvenil no sábado passado e acusadas de suspeita de conspiração para manipular farmacêuticos com comida. Cabe agora à Promotoria local decidir se elas serão indiciadas judicialmente. Não há informações se as adolescentes já foram liberadas e sobre quanto tempo permaneceram detidas. 

Veja também:

Coronavírus, 1 ano depois: de 'pneumonia desconhecida' a quase 2 milhões de mortos
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade