0

Júri amplia indiciamento de cúmplices dos autores do atentados de Boston

8 ago 2013
16h07
atualizado às 16h15

Um júri federal americano estendeu os elementos do indiciamento dos dois jovens cazaques acusados de obstruir a investigação do duplo atentado de Boston, em abril passado, indicou a procuradoria.

Dias Kadyrbayev e Azamat Tazhayakov, ambos de 19 anos, foram indiciados por "conspiração para obstruir a justiça" e "obstrução da justiça" com o objetivo de impedir a investigação das explosões durante a Maratona de Boston, que deixaram 3 mortos e 264 feridos.

Segundo a ata de indiciamento inicial, eles eram acusados apenas de "conspiração", segundo explicou a procuradoria federal em um comunicado.

Se forem considerados culpados, Kadyrbayev e Tazhayakov podem ser condenados a até 20 anos de prisão, pela acusação de obstrução, e a até cinco anos pela de "conspiração", além do pagamento de uma multa de 250.000 dólares, três anos em liberdade condicional e a possibilidade de serem deportados.

Os dois são acusados de querer destruir e esconder uma mochila e um computador do jovem de origem chechena Dzhokhar Tsarnaev, também de 19 anos, a quem a justiça atribui o atentado de 15 de abril.

Segundo as autoridades, Dzhokhar, que se declarou inocente em 10 de julho, cometeu os ataques junto com seu irmão Tamerlan, de 26 anos, morto durante um confronto com a polícia.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade