PUBLICIDADE

Estados Unidos

Incêndio no Colorado: 36 mil evacuados e prédios destruídos

27 jun 2012 - 22h53
(atualizado às 23h45)
Compartilhar

O incêndio que atinge desde sábado Colorado Springs (Colorado, oeste dos Estados Unidos) se espalhou nesta quarta-feira e entrou na cidade, provocando a retirada de mais de 36 mil pessoas e a destruição de vários edifícios, segundo autoridades.

Incêndio florestal atinge vizinhança inteira aos pés de colina na cidade de Colorado Springs, no Estado do Colorado
Incêndio florestal atinge vizinhança inteira aos pés de colina na cidade de Colorado Springs, no Estado do Colorado
Foto: AFP

"Até o início desta tarde, estávamos lidando com um incêndio florestal, mas então, ele se espalhou em áreas ao noroeste da cidade. Ninguém esperava que isso fosse acontecer", declarou Steve Bach, prefeito de Colorado Springs, à televisão KDVR-TV.

"É uma tempestade de fogo de proporções épicas", resumiu o chefe dos bombeiros da cidade, Richard Brown, citado pelo jornal local Denver Post.

Colorado Springs, a segunda maior cidade do Colorado, está localizada a 100km ao sul de Denver.

O incêndio, batizado de Waldo Canyon Fire, começou no sábado e imediatamente se mostrou muito perigoso.

Segundo o governador do Colorado, John Hickenlooper, cerca de 36 mil pessoas foram evacuadas e "há suspeita de "incêndio criminoso". "É um espetáculo lúgubre, de enorme destruição".

O porta-voz do FBI em Denver, Dave Joly, disse que "as autoridades locais e federais trabalham em conjunto para determinar se os incêndios são resultado de atividade criminosa".

"Geralmente, o vento sopra em apenas uma direção, nunca vimos algo como isto", disse o comandante das operações, Rich Harvey. "Este incêndio se comporta de maneira totalmente imprevisível".

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou que viajará na sexta-feira ao Colorado para acompanhar de perto a situação.

O fogo já destruiu milhares de hectares de vegetação. As autoridades ainda não são capazes de registrar o número de prédios destruídos, mas temem que seja elevado.

The Flying W Ranch, uma fazenda muito conhecida no estado por seu restaurante, anunciou em seu site que suas instalações tinham sido "reduzidas a cinzas".

Temperaturas recordes, níveis muito baixos de umidade e ventos com rajadas de até 100 km/h provocaram vários incêndios de grandes proporções no oeste americano.

Os bombeiros de Colorado combatem vários incêndios, incluindo o High Park Fire, perto de Fort Collins (100 km ao noroeste de Denver), que já destruiu cerca de 35.000 hectares de vegetação. Apenas 65% deste incêndio, o segundo maior da história do Colorado, tinha sido contido até terça-feira.

No total, quarenta incêndios afetam o oeste dos Estados Unidos nesta quarta-feira, de acordo com as autoridades.

Os mais graves estão em Colorado, Montana (noroeste), Alasca (noroeste) e Novo México (sudoeste).

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra