0

Homem tenta morder policiais nos EUA e ameaça: "vou comer vocês"

6 jun 2012
18h22
atualizado às 18h49

Um jovem sem-teto de Miami (Flórida, sudeste dos EUA) ameaçou no fim de semana passado morder e devorar dois policiais que comiam em um restaurante, um episódio ocorrido uma semana depois de outro homem comer o rosto de um mendigo, informou a polícia. Brandon De Léon, um jovem de 21 anos que vive na rua, foi detido no sábado passado quando entrou em um restaurante e insultou dois policiais que estavam no local, que decidiram prendê-lo por má conduta, informou um comunicado da polícia de North Miami Beach.

Rudy Eugene (esq.) foi morto após comer o rosto de Ronald Poppo e ficou conhecido como o "zumbi de Miami". A polícia da cidade americana investiga o que levou Eugene a praticar o ataque. Poppo foi internado no hospital Jackson no último fim de semana com ferimentos graves nas bochechas, nariz, olhos e testa - apenas o cavanhaque ficou intacto
Rudy Eugene (esq.) foi morto após comer o rosto de Ronald Poppo e ficou conhecido como o "zumbi de Miami". A polícia da cidade americana investiga o que levou Eugene a praticar o ataque. Poppo foi internado no hospital Jackson no último fim de semana com ferimentos graves nas bochechas, nariz, olhos e testa - apenas o cavanhaque ficou intacto
Foto: AP

Conheça criminosos presos por canibalismo

"Quando era levado à delegacia de polícia, Brandon começou a bater sua cabeça várias vezes contra o vidro do veículo enquanto gritava 'vou comer vocês'", segundo o comunicado. De acordo com os oficiais, De León tentou morder outro agente da delegacia quando estavam medindo sua pressão arterial.

O homem estava irado e "grunhia, abria e fechava a boca", às vezes soava como um animal, descreveu o documento policial. A polícia emitiu na quarta-feira um comunicado no qual relaciona este caso com o de Ruby Eugene, o homem que devorou as orelhas, bochecas, nariz e olhos do mendigo Ronald Poppo, na conhecida ponte de McArthur, que conecta o centro de Miami com as praias de Miami Beach.

Apesar de a polícia ainda não saber se De León agiu sob efeitos de algum entorpecente, alertou a comunidade sobre os sintomas e as condutas que podem ser causadas por algumas drogas sintéticas como a chamada "Cloud 9" (Mefedrona). Na terça-feira, os membros da Comissão do Condado Miami-Dade aprovaram de forma preliminar a proibição da maconha sintética, um produto semelhante ao incenso cuja venda a menores é ilegal.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade