1 evento ao vivo

Família Bush discorda sobre candidatura de caçula à Casa Branca

O irmão mais novo de George W. Bush é um dos nomes mais cotado do Partido Republicano para concorrer à presidência em 2016

25 abr 2013
13h58
atualizado às 14h36
  • separator
  • 0
  • comentários

A família Bush, que já produziu dois presidentes dos Estados Unidos, está em desacordo sobre se deveria haver um terceiro: o ex-governador da Flórida, Jeb Bush.

Jeb Bush durante a inauguração da biblioteca de seu irmão, em Dallas
Jeb Bush durante a inauguração da biblioteca de seu irmão, em Dallas
Foto: AP

A ex-primeira-dama Barbara Bush disse que o filho Jeb é o republicano mais qualificado para ser candidato em 2016, mas afirmou ao programa Today, da rede NBC, que "nós já tivemos Bushs o bastante".

Barbara Bush, conhecida por sua fala contundente, disse sobre seu segundo filho que "há outras pessoas lá fora que são muito qualificadas... Ele é o mais qualificado, mas eu não acho que ele vá concorrer".

O ex-presidente George W. Bush, irmão de Jeb, assume o outro lado no debate familiar. "Ele seria um candidato maravilhoso se optar por isso", disse Bush ao canal ABC News. "Ele não precisa do meu conselho, porque ele já sabe qual é: 'Concorra'. Mas o que ele vai fazer ou não é uma decisão muito pessoal".

As mensagens conflitantes acontecem no momento em que George W. Bush, o 43º presidente dos EUA e que ocupou o cargo de 2001 a 2009, inaugura sua biblioteca presidencial em Dallas, ao lado de todos os presidentes dos EUA vivos, incluindo seu pai, George H. W. Bush, que ocupou a Casa Branca de 1989 a 1992.

A inauguração da biblioteca destaca os dois termos conturbados de George W. Bush, que incluíram os ataques de 11 de setembro de 2001, as guerras no Afeganistão e no Iraque e a crise financeira de 2008.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade