0

EUA treinam cães para farejar sinais de câncer nos ovários

Com a pesquisa, cientistas esperam que seja possível a fabricação de sensores de nanotecnologia

11 set 2014
15h51
  • separator
  • comentários

Um grupo de cães está sendo treinado para localizar - através do cheiro - sinais de câncer nos ovários. O trabalho de pesquisa está sendo feito pela Escola de Medicina Veterinária, da Universidade da Pensilvânia. As informações são do jornal The New York Times .

Segundo a publicação, parte do treinamento do Centro de Trabalho Dog - nome do projeto - é feita com o auxílio de uma espécie de mesa, onde amostras de plasma de sangue são colocadas em diferentes pontos do círculo. A tarefa do cão treinado é localizar qual das amostras possui uma gota de tecido canceroso. E eles já fazem isso.

Foto: The New York Times / Reprodução

Foto: Reprodução/ The New York Times

A atual intenção do grupo de pesquisadores é isolar substâncias químicas cancerígenas que apenas os cães podem cheirar. Com isso, eles esperam que seja possível a fabricação de sensores de nanotecnologia, capazes de detectar minúsculos pedaços de tecido contaminado com a doença.

"O câncer de ovário é um assassino silencioso", disse o veterinário Dr. Cindy Otto, fundador e diretor-executivo do projeto. "Mas, se pudermos ajudar a detectá-lo cedo, poderemos salvar mais vidas", completou.

Em 2011, a BBC divulgou que um cão foi capaz de farejar uma caso de câncer de intestino, em estado inicial. Em fevereiro deste ano, o Daily News informou que outros cães estavam sendo treinados para detectar o câncer de mama. Além disso, outras pesquisas já haviam sugerido que cães são capazes de farejar câncer de pele, bexiga e pulmão.

Acredita-se que a biologia do tumor tenha um cheiro distinto, e uma série de estudos já usou cachorros para tentar detectá-los.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade