1 evento ao vivo

Vitória na maioria dos Swing States garante reeleição de Obama

7 nov 2012
10h28

Swing states asseguram a Obama 111 dos 270 votos necessários para vencer no colégio eleitoral contando a Flórida. Para decepção dos republicanos, Romney ganha apenas em um Swing State: a Carolina do Norte.

A primeira senadora assumidamente lésbica da história dos Estados Unidos, Tammy Baldwin, comemora vitória em Madison, Wisconsin
A primeira senadora assumidamente lésbica da história dos Estados Unidos, Tammy Baldwin, comemora vitória em Madison, Wisconsin
Foto: AFP

O essencial do dia em que os EUA reelegeram Obama
Obama revisita esperança e diz que "o melhor está por vir"
Romey admite derrota: "eleição acabou, mas princípios permanecem"
Fotos: os democratas comemoram e os republicanos choram
Confira como foi o dia de votação nos 50 Estados americanos

Confira os especiais das eleições nos EUA
Confira a apuração nos EUA em tempo real
Terra acompanha dia decisivo para o futuro dos EUA
Especial traz reportagens dos bastiões democratas e republicanos
Veja os vídeos sobre as eleições americanas

Apesar de pesquisas mostrarem uma disputa acirrada, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi reeleito com ampla vantagem no colégio eleitoral e a ajuda substancial de Estados decisivos como Flórida, Ohio e Virgínia que penderam para o Partido Republicano em eleições passadas, mas já haviam garantido a vitória democrata em 2008.

Entretanto, na votação popular a disputa foi mesmo acirrada. O republicano chegou a liderar com certa folga durante a apuração, mas Obama se recuperou. No fim, o presidente alcançou 50% e Romney, 48% com quase dois milhões de votos de diferença.

Obama assegurou a vitória ao levar Ohio para o lado democrata. O Estado, decisivo com seus 18 votos no colégio eleitoral para a reeleição, foi beneficiado com o resgate da indústria automobilística no primeiro mandato do presidente assim como Michigan, com 16 votos.

A maioria dos chamados swing states (estados-pêndulo, que tendem ora para um lado, ora para o outro), acabou pendendo para o lado de Obama. O presidente venceu em Wisconsin - terra do candidato derrotado a vice-presidente Paul Ryan - e Iowa. Ele também ganhou com certa folga em New Hampshire, Virgínia, Colorado e na Pensilvânia - onde os republicanos tinham esperança de vencer para contrabalançar o peso de estados como a Califórnia, o maior colégio eleitoral do país e tradicional reduto democrata.

Para Mitt Romney, restou vencer - como estava previsto - nos Estados mais conservadores do sul dos Estados Unidos e em alguns ao norte. O republicano garantiu Indiana - tradicionalmente de centro-direita, mas onde Obama havia vencido em 2008 - e a Carolina do Norte, um dos swing states.

Obama ganhou 332 votos eleitorais e garantiu mais quatro anos na Casa Branca. Romney ficou em segundo lugar, com 206. Ao menos no colégio eleitoral, uma ampla vantagem.

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.

compartilhe

publicidade