0

Paul Ryan é indicado como vice na chapa de Mitt Romney

11 ago 2012
08h20
atualizado às 18h03

O congressista Paul Ryan foi indicado como o candidato a vice-presidente na chapa do republicano Mitt Romney, anunciou neste sábado sua campanha através de um aplicativo para tablets e smartphones. O breve texto enviado pelos responsáveis pela campanha aos jornalistas indica: "Romney-Ryan é a chapa republicana" para as eleições presidenciais previstas para 6 de novembro nos Estados Unidos.

Paul D. Ryan, 42 anos, é um deputado pelo Estado americano de Wisconsin
Paul D. Ryan, 42 anos, é um deputado pelo Estado americano de Wisconsin
Foto: Getty Images

Conservadores americanos estavam em campanha para que o republicano escolhesse o deputado como seu companheiro de chapa na disputa presidencial deste ano. Ryan, deputado por Wisconsin, foi o mentor do polêmico plano de corte orçamentário do seu partido, e muitos conservadores o comparam ao falecido ex-presidente Ronald Reagan. Wisconsin é um dos estados considerados decisivos no pleito de 6 de novembro, no qual o presidente Barack Obama buscará a reeleição.

Os cortes orçamentários concebidos por Ryan afetam fortemente programas sociais. Mas seus apoiadores dizem que isso, ao invés de representar um ponto fraco para sua candidatura, pode ser um fator que dará peso e conteúdo à chapa de Romney, possivelmente entusiasmando o eleitorado conservador.

Em entrevista à NBC na quinta-feira, Romney não quis antecipar a escolha do seu vice, mas traçou um perfil do companheiro de chapa ideal. "Certamente eu espero ter uma pessoa que tenha força de caráter, uma visão para o país que agregue algo ao discurso político sobre a direção do país", afirmou.

Romney deve fazer o anúncio oficial após um evento no porta-aviões USS Wisconsin a partir das 10h de Brasília, no marco de sua viagem de ônibus para promover seu "plano para uma classe média mais forte", informou sua equipe de campanha em comunicado.

Com informações de agências internacionais.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade