0

EUA: republicano Santorum abandona disputa presidencial

10 abr 2012
15h17
atualizado às 17h18
  • separator

O pré-candidato republicano à presidência dos EUA Rick Santorum anunciou nesta terça-feira em entrevista coletiva que está deixando a corrida presidencial. "Nós vamos efetivamente suspender nossa campanha hoje", disse Santoum, em Gettysburg, no Estado da Pensilvânia.

Rick Santorum desiste de candidatura à presidência dos EUA

Acompanhe as primárias do Partido Republicano

Santorum abriu sua entrevista dizendo que está deixando a disputa em um momento em que sua filha mais nova, Bella, precisou voltar ao hospital - ela foi internada no último fim de semana. "Bella é uma lutadora e está excepcionalmente bem", disse Santorum, salientando que a menina de 3 anos já voltou para casa. Bella nasceu com desordem genética, a "trissomia 18" ou "síndrome de Edwards".

Santorum salientou que sua campanha foi "inacreditável" e que ganhou as primárias em 11 Estados "contra todos os prognósticos". O ex-senador falou que ainda acredita que era a melhor alternativa para recuperar os Estados Unidos e saudou diversos momentos de sua campanha. "Eu encontrei (durante a campanha) muitos caras dos quais eu nunca esquecerei", disse. "Ouvir as histórias deles deu energia à minha campanha".

Apesar de dizer que a "corrida chegou ao fim para mim", Santorum afirmou que vai continuar lutando para que os republicanos derrotem o presidente Barack Obama nas eleições de novembro e que conquistem a maioria do Senado.

Ultraconservador e muito ligado à religião, Santorum - que é católico - disse que não é possível ter uma economia forte sem famílias fortes. "Nós não podemos ser um país forte, a menos que lembremos quem nós somos".

Ex-senador pelo Estado da Pensilvânia, Santorum ocupava atualmente o segundo lugar nas primárias republicanas, atrás do ex-governador do Estado de Massachusetts Mitt Romney. A pressão pela sua desistência havia aumentado drasticamente após as vitórias de Romney nas primárias de Washington DC, Winsconsin e Maryland - as últimas realizadas.

A desistência de Santorum deve sacramentar a indicação de Mitt Romney para enfrentar Obama, uma vez que os republicanos ainda na disputa, Newt Gingrich e Ron Paul, estão bem atrás em números de delegados conquistados.

As primárias republicanas de 2012
No dia 3 de janeiro, foi dada a largada para a escolha do candidato republicano que enfrentará Barack Obama nas eleições presidenciais, no dia 6 de novembro de 2012. Trata-se de um longo processo de realização de primárias nos Estados e territórios americanos, durante o qual os eleitores elegerão delegados que participarão da Convenção Nacional do Partido Republicano, nos dias 27 e 30 de agosto.

Nas primárias, os eleitores vão às urnas e, por meio de voto secreto, escolhem os delegados que representam seus interesses. Além das primárias tradicionais (realizadas na maioria dos Estados), algumas unidades optam pelas caucuses: pequenas assembleias, geralmente compostas por militantes partidários, que têm a mesma função das primárias, mas com a principal diferença de que em uma caucus o voto é público.

As primárias e as caucuses possuem uma quantidade de delegados proporcional ao tamanho da população do Estado que representam, ao passo os pré-candidatos mais votados recebem um número de delegados proporcional à quantidade de votos obtidos. Em 2012, serão 38 primárias e 17 caucuses, que, juntas, distribuirão 2.286 delegados. Será candidato aquele que, na Convenção, obtiver os votos de ao menos 1.144 delegados.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade