0

Autoridades revisam número de mortos em passagem de tornado nos EUA para 24

21 mai 2013
12h49
atualizado às 13h07

As autoridades do estado de Oklahoma informaram nesta terça-feira que confirmaram até agora a morte de 24 pessoas devido à passagem de um gigantesco tornado que arrasou ontem parte da cidade de Oklahoma City e municípios próximos.

O anúncio foi feito pela porta-voz do escritório legista do estado de Oklahoma, Amy Elliot. O saldo oficial anterior de vítimas era de 51 mortos, incluindo 20 crianças, e centenas de feridos. Durante a madrugada, o escritório informou que esperava a contabilização de pelo menos outras 40 mortes como consequência do tornado, o que fez com que vários veículos de imprensa falassem em um total de 91 mortos.

No entanto, a porta-voz disse que, à medida que continue o trabalho dos bombeiros e equipes de emergência, é provável que o número de vítimas volte a crescer.

Pelo menos sete crianças que morreram eram alunos da escola elementar Plaza Towers, em Moore, uma pequena cidade da região metropolitana de Oklahoma City que foi a mais afetada pelo tornado, que provocou ventos de 320 km/h e atingiu a categoria 4, a segunda mais alta na escala Fujita.

"Nossos corações estão destroçados", disse a governadora de Oklahoma, Mary Fallin em entrevista à rede de TV "NBC" hoje de manhã.

Desde a tarde de ontem, quando aconteceu o tornado, mais de cem pessoas foram resgatadas com vida, afirmaram as autoridades.

O tornado, que tinha mais de três quilômetros de diâmetro, devastou em 40 minutos uma área de 32 quilômetros entre as cidades de Newcastle e Moore.

EFE   

compartilhe

publicidade