0

Esquerda grega quer que principais partidos recusem acordo de resgate

ATENAS, 8 Mai (Reuters) - O líder de esquerda grego Alexis Tsipras não vai cooperar com os dois principais partidos do país, o conservador Nova Democracia e o socialista PASOK, a menos que eles reneguem as promessas feitas para receber o resgate da UE e do FMI, afirmou um assessor próximo nesta terça-feira.

"Ele pediu a Venizelos e Samaras (líderes dos partidos) para enviarem cartas aos parceiros da UE e do FMI retirando as promessas por escrito anteriores como condição para cooperar", disse à Reuters Nikos Papas, chefe do escritório político de Tsipras.

O partido Coalizão da Esquerda, de Tsipras, recebeu um mandato de três dias para tentar formar um governo de coalizão depois que o Nova Democracia, que conseguiu a maioria na eleição de domingo, falhou em avançar com esse processo.

(Reportagem de George Georgiopoulos)

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade