Eleições nos EUA

› Notícias › Mundo › Eleições nos EUA

Eleições nos EUA

Quinta, 13 de novembro de 2008, 09h27

Campanha pede que Obama adote cão desabrigado

Embora ainda faltem meses para o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, e sua família se mudarem para a Casa Branca, instituições de defesa dos animais tentam convencer o democrata a adotar um animal de um abrigo. A informação foi divulgada nesta quinta pela CNN.

» Futuro cão da família Obama gera polêmica
» Associação oferece cão sem pêlos a Obama

A idéia surgiu depois que Obama afirmou em seu primeiro discurso após a vitória nas urnas que daria às filhas, Sasha e Malia, um animal de estimação para ser levado à residência presidencial.

A American Humane Association (AHA), em conjunto com a 20th Century Fox, da comédia Marley & Me, iniciaram uma campanha nacional ontem exibindo dezenas de animais salvos por organizações e que estão disponíveis para adoção.

De acordo com a AHA, 7 milhões de animais vão parar nos abrigos a cada ano do país. "Nós temos esperança de mudar a idéia que as pessoas têm sobre ter um cachorro - principalmente se querem um cão de raça. Elas podem ir até um abrigo e adotar um cão que não tem lar", disse Sandi Buck, da AHA.

A campanha, que percorrerá 16 cidades, termina em 25 de dezembro, em Los Angeles, na estréia de Marley & Me, filme em que o personagem principal adota um cão.

Redação Terra



Busque outras notícias no Terra