Eleições nos EUA

› Notícias › Mundo › Eleições nos EUA

Eleições nos EUA

Segunda, 3 de novembro de 2008, 16h39 Atualizada às 17h33

"Obama é mais branco que eu", diz mãe de McCain

Para Roberta W. McCain, 96 anos, mãe do candidato republicano John McCain, não há dúvidas sobre qual o melhor nome para substituir George W. Bush na Casa Branca em 2009. "Johnny é a resposta para os problemas da América", afirmou ela em entrevista para o Sky News. Ela acrescenta que seu filho "não é movido pelo dinheiro ou pela fama. Ele apenas quer servir ao seu país". "Obama é mais branco que eu ou você", diz ainda.

» Veja mais fotos de Roberta McCain
» Secretário pede voto hispânico para McCain
» Vice usa passado pobre para ajudar Obama

Roberta é uma mãe marcada pelo sofrimento de quem teve o filho dado como morto pelos cinco anos em que esteve como prisioneiro de guerra do exército do Vietnã do Norte. Em entrevista à revista Time, ela relembrou os tempos da guerra. "Eu me lembro, meu marido estava no banho, e o telefone de emergência tocou. Nunca me disseram que ele era prisioneiro, achamos que ele estava morto, até que ele voltou para casa", relembra.

No entanto, Roberta não se impressiona com a história da família de Obama. Ela critica o pai do senador democrata, que abandonou a mãe de seus filhos e partiu com outra mulher mais jovem, grávida. Para ela, Obama é um negro que tem raízes brancas. "Vamos, ele estudou em Harvard pago por pessoas como eu, enquanto que minha filha não pôde nem pensar em estudar lá. Ele é mais branco do que eu e você."

Para ela, o tratamento que Obama dispensou a Hillary Clinton durante as prévias democratas não foi o mais adequado. "Ele não a tratou bem, e isto me incomoda muito. Meu filho não trataria ninguém daquela forma, porque não foi assim que eu o eduquei", finaliza.

Redação Terra

Getty Images
Roberta McCain, 96 anos, é mãe do candidato republicano
Roberta McCain, 96 anos, é mãe do candidato republicano

Busque outras notícias no Terra