Eleições nos EUA

› Notícias › Mundo › Eleições nos EUA

Eleições nos EUA

Terça, 27 de maio de 2008, 11h22 Atualizada às 11h40

Ex-secretário da ONU critica proposta de McCain

O diplomata indiano Shashi Tharoor, ex-secretário-geral adjunto das Nações Unidas, criticou o plano do candidato republicano à Casa Branca, John McCain, de estabelecer uma "liga de democracias" para intervenções humanitárias à margem da ONU.

Em artigo de opinião publicado hoje pelo jornal britânico The Guardian, o diplomata indiano se questiona sobre a validade desta iniciativa, explicada em março pelo próprio McCain.

"Se fôssemos criar uma nova liga de democracias, quem deixaríamos de fora? China e Rússia, para começar? Uma ex e uma futura superpotência? São dois países sem os quais é inimaginável um mundo de paz e prosperidade", diz o ex-secretário-geral adjunto da ONU.

McCain quer iniciar uma liga de nações que compartilhem os mesmos valores, que responda às crises humanitárias sem o empecilho representado pelo Conselho de Segurança da ONU por culpa de alguns de seus membros, como China e Rússia.

O diplomata indiano duvida que todas as democracias entrariam na liga proposta por McCain, principalmente se isso significasse perder parceiros comerciais vitais e importantes fornecedores de recursos, ou gerasse atritos com vizinhos que não fossem democráticos.

"A razão pela qual as decisões da ONU têm legitimidade no mundo todo não se apóia nas virtudes democráticas de seus membros, mas em sua universalidade", destaca Tharoor.

EFE

Busque outras notícias no Terra