Eleições nos EUA

› Notícias › Mundo › Eleições nos EUA

Eleições nos EUA

Quinta, 7 de fevereiro de 2008, 15h24 Atualizada às 17h20

Romney abandona corrida presidencial

Mitt Romney suspendeu oficialmente sua campanha pela indicação do Partido Republicano para concorrer à presidência dos Estados Unidos. Romney tomou a decisão após obter um resultado inferior ao que esperava nas prévias realizadas na última terça-feira.

» Veja resultados em cada Estado
» Entenda a importância da 'Super Terça'

Romney anunciou a suspensão da campanha na Conferência de Ação Política Conservadora, em Washington. Sua saída abre caminho para o republicano McCain, que saiu em grande vantagem da "Super Terça".

"Se eu continuasse com minha campanha, até a Convenção (Nacional), eu iria evitar o lançamento de uma campanha nacional e francamente eu estaria facilitando (a situação) para a senadora Hillary ou (Barack) Obama ganharem," disse Romney.

Romney assegurou que esta não foi uma decisão fácil, mas que havia chegado o momento de "colocar-se de lado pelo bem do partido e do país". "Não gosto de perder", afirmou.

"Nestes tempos de guerra, não posso deixar que minha campanha ajude alguém que se rendeu perante o terror", disse em referência aos democratas, aos quais criticou reiteradamente pelo que qualificou como seu "derrotismo perante o terrorismo".

"Se esta fosse uma questão que envolvesse somente a mim, continuaria. Entrei nesta corrida porque amo os EUA", disse. Romney também reconheceu que discorda de John McCain em vários temas, mas que estava de acordo "em fazer tudo o que for possível para vencer no Iraque, para encontrar e executar Osama Bin Laden e para eliminar a Al-Qaeda e o terrorismo.

Afirmou ainda que os Estados Unidos "não devem ser reféns de pessoas como Vladimir Putin, Hugo Chávez e Mahmoud Ahmadinejad", presidentes da Rússia, Venezuela e Irã, respectivamente.

"Mais de quatro milhões de pessoas me deram seus votos (nas eleições primárias) para que seja presidente. É menos que os 4,7 milhões de McCain, embora isso já queira dizer algo. Onze estados me deram seu apoio até agora, comparados com os treze dele. E como o tamanho nesse caso importa, ele conseguiu um maior número de delegados", disse.

Na 'Super Terça', Romney conquistou 270 delegados, enquanto seu adversário entre os republicanos, John McCain, levou 680 delegados. A desistência, segundo indicou a cadeia, foi decidida ontem à noite, e ratificada no começo do dia de hoje, após uma reunião com sua equipe de colaboradores. Se fosse eleito, Romney seria o primeiro presidente americano de religião mórmon.

Um porta-voz de McCain não quis comentar a retirada de Romney. De acordo com a BBC, Mike Huckabee e Ron Paul ainda estão na corrida republicana, mas não têm chances realísticas de vitória.

Com agências internacionais.

Redação Terra

AP
Romney suspende campanha presidencial após fracos resultados da
Romney suspende campanha presidencial após fracos resultados da "Super Terça".

Busque outras notícias no Terra