PUBLICIDADE

Soldados dos EUA usam Facebook para protestar contra ataque à Síria

Supostos militares escondem o rosto e expressam suas opiniões contrárias a uma possível ação militar

Publicidade
<p>Os membros das Forças Armadas dos Estados Unidos estão usando as redes sociais para expressar suas opiniões sobre a decisão do presidente Barack Obama de promover um ataque à Síria em retaliação ao suposto uso de armas químicas pelo regime de Bashar al-Assad</p>
Os membros das Forças Armadas dos Estados Unidos estão usando as redes sociais para expressar suas opiniões sobre a decisão do presidente Barack Obama de promover um ataque à Síria em retaliação ao suposto uso de armas químicas pelo regime de Bashar al-Assad
Foto: Facebook / Reprodução
Publicidade