6 eventos ao vivo

ONU calcula em 5 mil o número de mortos por repressão na Síria

12 dez 2011
18h24
atualizado em 13/12/2011 às 08h17

Cerca de 5 mil pessoas foram mortas até o momento pela repressão do governo sírio às manifestações da oposição, informará a Alta Comissária para os Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, ao Conselho de Segurança esta segunda-feira, segundo trechos divulgados de seu discurso.

Pillay disse que recomendou ao Conselho de Segurança da ONU que se envie a Síria para o Tribunal Penal Internacional, que julga crimes de guerra, para investigar a possibilidade de crimes contra a humanidade.

Pillay disse que pelo menos 300 crianças estão entre os mortos e que outras milhares de pessoas estão em detenção. Calcula-se que mais de 14 mil pessoas tenham sido detidas e que 12,4 mil tenham fugido para países vizinhos, segundo os techos obtidos pela AFP e que Pillay divulgará.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade