0

Cúpula declara 2013 como Ano Ibero-americano para inclusão de deficientes

17 nov 2012
18h41

Cádiz (Espanha) A 22ª Cúpula Ibero-Americana, que terminou neste sábado, declarou 2013 como "Ano Ibero-americano para inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho".

Em comunicado especial, os chefes de Governo e de Estado da Pensínsula Ibérica e da América Latina reconhecem que é necessário fortalecer as políticas públicas, as iniciativas e os esforços para assegurar a inclusão trabalhista plena e efetiva das pessoas com deficiência.

Segundo o Relatório Mundial sobre a Deficiência de 2011 da Organização Mundial da Saúde, 15% da população mundial tem algum tipo de limitação física e aproximadamente 90 milhões desse total vivem na região ibero-americana.

A predominância de deficiências é maior nos países de baixa renda e na população feminina, segundo esse mesmo relatório.

No documento aprovado na cúpula de Cádiz, os líderes consideram que cerca de 80 % das pessoas com deficiência física em idade laboral estão desempregadas por falta de acessibilidade, bem como de conscientização do setor privado sobre o potencial destas pessoas. EFE

cjn/lvs/ff

EFE   
publicidade