1 evento ao vivo

Canadá horrorizado com caso de ex-ator pornô acusado de esquartejamento

MONTREAL, 31 Mai 2012 (AFP) -Os canadenses ficaram chocados nesta quinta-feira com os detalhes do crime praticado por um ex-ator pornô, Rocco Luka Magnotta, procurado agora no exterior por ter assassinado e esquartejado um homem, divulgando o vídeo do crime na internet.

A polícia indicou que tem razões para dar crédito aos rumores de que o suspeito pode ter deixado o Canadá e a Interpol emitiu uma ordem de captura internacional contra o ex-ator.

O jornal The Globe and Mail, citando fontes não identificadas, disse que Magnotta pode estar na França.

O vídeo de 11 minutos, ao que parece, filmado pelo suspeito e intitulado "1 Lunatic 1 Ice Pick", foi divulgado online no dia 25 de maio em dois sites, entre eles o Best Gore, mas estava inacessível nesta quinta-feira.

Ian Lafreniere, porta-voz da Polícia de Montreal, disse que as autoridades retiraram as imagens da web, mas que é difícil fazer isso totalmente.

De acordo com testemunhos divulgados pela imprensa canadense, o vídeo mostra o assassinato com um picador de gelo de um homem nu amarrado em uma cama, e depois o desmembramento de seu corpo e a realização de diversos atos de barbárie do assassino com o cadáver.

A cena é acompanhada pela música "True Faith" do grupo New Order, a mesma com a qual começa o filme "Psicopata americano", protagonizado por Christian Bale.

O tronco da vítima foi encontrado na terça-feira em uma maleta que estava dentro de uma lixeira no mesmo bairro de Montreal onde Magnotta vivia. A investigação levou rapidamente os agentes ao seu apartamento, onde foram encontrados rastros de sangue.

Um vizinho de Magnotta, que conseguiu entrar em seu apartamento depois de o suspeito ter saído, declarou que havia pedaços de carne humana grudados nas paredes.

Policiais experientes disseram que nunca tinham visto uma cena do crime tão macabra.

Um pé e uma mão foram encontrados em pacotes postais: o primeiro chegou à sede do Partido Conservador em Ottawa, o outro foi enviado ao Partido Liberal.

Ambos os pacotes haviam sido enviados de Montreal. A polícia disse ter razões para acreditar que essas partes do corpo estão relacionadas ao que ocorreu no apartamento de Magnotta, mas se mantinha à espera dos resultados dos testes de laboratório para confirmar.

Alguns pedaços ainda estão desaparecidos e a polícia investiga se também foram enviados pelo correio.

Luka Rocco Magnotta, de 29 anos, nascido em Toronto, é conhecido também pelos pseudônimos de Eric Clinton Newman e Vladimir Romanov. Seu nome verdadeiro era Eric Newman Clinton até 2006, quando mudou de identidade.

O ator bissexual de filmes pornográficos, apresentado também pela imprensa como um garoto de programa, tentou ganhar fama na internet divulgando vídeos online nos quais matava gatos.

Também publicou um blog em que se disse necrófilo e outro no qual detalhava um método para desaparecer aos poucos rompendo gradualmente com todas as pessoas conhecidas para começar uma nova vida.

Segundo o psiquiatra Gilles Chamberland, do Hospital do Sagrado Coração em Montreal, o suspeito deve estar "orgulhoso do que fez" e é provável que reincida.

via/gde/dm

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade