0

Tufão Soulik chega ao sudeste da China neste sábado

Segundo governo, 304 mil pessoas já foram deslocadas

13 jul 2013
03h22
atualizado às 07h25
  • separator
  • 0
  • comentários

O tufão Soulik tocou terra na tarde deste sábado na província de Fujian, no sudeste da China, onde as autoridades já haviam evacuado 304 mil pessoas, informaram as autoridades provinciais.

Soulik tocou terra na península de Huangqi - pertencente à região mencionada - às 16h locais (5h de Brasília) de hoje, segundo o Centro Meteorológico Nacional da China, e após ter deixado um policial morto e 21 feridos em sua passagem por Taiwan. Durante sua chegada ao continente, o tufão era acompanhado de ventos de 118 km/h.

Algumas estradas em direção à ilha de Taiwan foram fechadas, assim como as operações portuárias de Fuzhou, Xiamen e na baía de Meizhou, informou a agência oficial Xinhua. Em algumas cidades da província, como Ningde, no litoral, onde está previsto que o tufão passe com maior força, o transporte público foi suspenso desde as primeiras horas da manhã.

Em Fuzhou, a capital provincial, 142 voos foram cancelados desde ontem à noite, assim como as viagens de trens de alta velocidade. De forma preventiva, 5,5 mil soldados foram deslocados aos 18 condados da região para ajudar em possíveis trabalhos de resgate.

As autoridades decretaram o alerta vermelho de grandes ondas e o alerta laranja de possíveis marés de tempestades em uma escala chinesa de quatro cores, na qual o vermelho é a mais importante, seguida da laranja, amarelo e azul. Até a noite de hoje, o tufão deverá provocar ondas de seis a dez metros de altura ao sul do Mar da China Oriental, próximo às ilhas Diaoyu e à parte norte do Estreito de Taiwan.

Em sua passagem por Taiwan, Soulik causou a morte de um policial de 50 anos, atingido por um pedaço de construção desprendido de um edifício no norte da ilha. Além da vítima citada, 21 pessoas ficaram feridas, todas elas no norte da ilha, em Taipé, Novo Taipé, Keelung e Hsinchu, segundo dados oficiais. O Soulik é a sétima tempestade tropical registrada neste ano no Pacífico ocidental.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade