0

Suposta mulher mais velha do mundo morre na China

11 jun 2013
09h22
atualizado às 09h33

Uma mulher que teria 127 anos, segundo as autoridades chinesas, embora o resto do mundo nunca tenha reconhecido a sua idade, faleceu, informaram seus parentes nesta terça-feira.

Os documentos oficiais informavam que Luo Meizhen havia nascido em 1885, o que fazia dela a pessoa mais velha que já existiu, mas ela faleceu no fim de semana após meses de doença, informou seu filho Huang Youhe à AFP.

"Ela tinha 127 anos quando morreu, não foi inesperado", disse seu neto Huang Heyuan.

A data de nascimento declarada de Luo significa que ela pode ter sido a pessoa mais velha do mundo quando morreu, na frente do japonês Jiroemon Kimura, que tem 116 anos, de acordo com os registros.

Mas a alegação de Luo recebeu pouco reconhecimento internacional porque a China não tinha um sistema de certificação de nascimento confiável até décadas depois que ela nasceu.

O ceticismo também foi alimentado por informações sobre a idade de seus filhos, um dos quais ela disse ter dado à luz aos 61 anos.

De acordo com o Guinness World Records, a pessoa mais velha que já viveu foi Jeanne Calment, da França, que tinha 122 anos e 164 dias quando faleceu, em 1997.

A data de nascimento de Luo de 1885 estava registrada em sua carteira de identidade e em seu visto de residência, ambos emitidos nas últimas décadas, e foi confirmada por um instituto de pesquisa patrocinado pelo Estado em 2010.

A agência oficial de notícias Xinhua divulgou informações sobre sua festa de 127º aniversário em seu site em outubro, descrevendo-a como a pessoa mais velha da China.

"Ela era uma pessoa amável, mas às vezes tinha um temperamento muito ruim... ela tinha um caráter forte", disse Huang Heyuan.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade