1 evento ao vivo

Sobe para 8 o nº de mortos em explosão de bomba no sul das Filipinas

6 ago 2013
02h04
atualizado às 02h25
  • separator
  • 0
  • comentários

A polícia das Filipinas elevou nesta terça-feira para oito o número de mortos na explosão de uma bomba em uma cidade da ilha de Mindanao, no sul das Filipinas, em que outras 30 pessoas ficaram feridas.

O diretor-geral da polícia, Charles Calima Jr., disse à rádio dzMM que outras duas pessoas morreram no hospital por causa dos ferimentos que sofreram na explosão, que ocorreu ontem em uma avenida movimentada da cidade Cotabato.

Calima Jr. acrescentou que 13 pessoas continuam internadas no hospital após o atentado que não foi reivindicado por nenhum dos grupos armados que operam na região.

A bomba estava escondida em um veículo de transporte coletivo estacionado em frente a um centro comercial de uma área residencial com muito trânsito, e a detonação do explosivo causou um incêndio em duas lojas e em vários veículos.

O governador da Região Autônoma do Mindanao Muçulmano, Mujiv Hataman, classificou o atentado em Cotabato de "incomum". "Já ocorreram explosões antes, mas é a primeira vez que se utiliza um carro-bomba", disse Hataman em entrevista à emissora GMA.

A bomba foi detonada no momento em que a administradora da cidade, Cynthia Guiani-Sayadi, circulava de carro blindado pela área. Segundo a "GMA", Cynthia recebeu ameaças de morte nas últimas semanas.

Grupos armados comunistas e muçulmanos operam há décadas em Mindanao. Cotabato, com uma população próxima dos 300 mil habitantes entre cristãos e muçulmanos, é uma das cidades emblemáticas da Região Autônoma do Mindanao Muçulmano.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade