3 eventos ao vivo

Pyongyang convida agência espacial japonesa a lançamento de satélite

3 abr 2012
00h06
atualizado às 00h48

A Agência de Prospecção Aeroespacial do Japão (Jaxa) recebeu um convite da Coreia do Norte para que assista ao polêmico lançamento de um satélite de observação previsto para meados de abril, informou nesta terça-feira a cadeia NHK .

A Jaxa recebeu o convite por meio da Associação de Coreanos Residentes no Japão (Chongryon), localizada em Tóquio, e deverá dar uma resposta antes de quinta-feira.

O Ministério da Ciência japonês considera que não é conveniente que a Jaxa aceite o convite de Pyongyang, já que representaria uma aprovação ao lançamento da Coreia do Norte, condenado pelo Japão e por diversos países devido às suspeitas de que acoberte um balístico de mísseis.

O convite de Pyongyang acontece depois que o hermético regime comunista de Kim Jong-un anunciou a permissão a jornalistas e analistas estrangeiros para que visitem a plataforma de lançamento a fim de demonstrar que cumprirá as normas internacionais.

A Coreia do Norte prevê lançar o satélite de observação terrestre entre 12 e 16 de abril como parte dos festejos para comemorar, em 15 de abril, o centenário do fundador do país, Kim Il-sung.

Segundo Pyongyang, o lançamento é um "direito legítimo" do país, tem fins científicos e representa o "símbolo de uma nova era de paz e prosperidade".

O anúncio da Coreia do Norte fez o Japão mobilizar 800 membros das Forças de Autodefesa (Exército) e ativar no arquipélago de Okinawa (sul) um sistema de mísseis terra-ar com a intenção de derrubar o projétil norte-coreano se seus fragmentos ameaçarem cair sobre solo japonês.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade