3 eventos ao vivo

Presidente paquistanês visita jovem perseguida por talibãs

9 dez 2012
12h55
atualizado às 13h50

O presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, visitou na noite de sábado a jovem paquistanesa engajada na luta pela defesa dos direitos das mulheres a estudar em seu país e que foi ferida gravemente por um ataque dos talibãs, anunciou o hospital britânico onde ela se encontra internada.

Asif Ali Zardari (esq.) coloca a mão sobre a cabeça da jovem Malala Yousafzai durante encontro em hospital de Birmingham
Asif Ali Zardari (esq.) coloca a mão sobre a cabeça da jovem Malala Yousafzai durante encontro em hospital de Birmingham
Foto: AFP

Malala Yousafzai, uma estudante de 15 anos, recebe tratamento no hospital Queen Elizabeth de Birmingham, no centro da Inglaterra, onde Zardari também se reuniu com a família da adolescente. Nas fotos distribuídas pelo hospital, Malala Yousafzai aparece ao lado do presidente, que realizou a visita acompanhado de sua filha, Asifa Bhutto.

No ataque dos talibãs contra seu ônibus escolar em 9 de outubro, Malala foi baleada na cabeça como punição por defender o direito das meninas de irem à escola. Ela sobreviveu milagrosamente ao ataque, mas passa por um tratamento delicado.

A menina recebeu milhares de mensagens de apoio do mundo inteiro e se declarou muito comovida por estes gestos. Ela ficou conhecida internacionalmente através de seu blog na BBC, onde fala do regime opressivo dos talibãs no vale de Swat, uma zona tribal no nordeste do Paquistão.

O governo paquistanês concedeu a ela um prêmio pela paz, uma distinção concedida pela primeira vez.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade