0

Pelo menos 45 mortos e 50 desaparecidos por chuvas na Índia

17 jun 2013
07h58
atualizado às 08h08

Pelo menos 45 pessoas morreram e 50 estão desaparecidas em consequência das inundações e dos deslizamentos de terra provocados pelas fortes chuvas da monção na Índia, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

No Estado de Uttarakhand, 25 pessoas morreram, meia centena permanece desaparecida e cerca de cem casas foram derrubadas em consequência das fortes chuvas, que transbordaram os rios locais, de acordo com o canal "NDTV".

As vítimas morreram devido ao desabamento de casas, deslizamento de terras e queda de pontes por causa das enchentes registradas na região, onde as previsões meteorológicas anunciam mais precipitações nos próximos dias.

Segundo fontes citadas pela imprensa, as autoridades acreditam que as 50 pessoas que permanecem desaparecidas foram tragadas pelas enchentes. A emissora "NDTV" mostrou imagens de edifícios caindo e ruas inundadas.

Segundo a rede "NDTV", cerca de 24 mil pessoas ficaram presas no vale de Kedarnath (Uttarakhand), onde fica um local de peregrinação hindu visitado nesta época do ano.

O governo enviou 10 helicópteros para evacuar a população, mas que não puderam aterrissar pelo mau tempo, e 12 equipes da Força de Resgate de Desastres, que alcançaram algumas das zonas mais afetadas.

As fortes chuvas da monção, que este ano se anteciparam em algumas regiões do país, causaram mortes e danos em outras partes da Índia.

No estado de Gujarat, as fortes chuvas causaram ontem 12 mortos, oito deles em consequência de raios.

Além disso, no estado de Himachal Pradesh, os cinco membros de uma família, entre eles três crianças, morreram quando sua casa foi soterrada por um deslizamento de terras causado pelas chuvas.

Nesta região, 1.500 turistas, entre eles o chefe de governo estadual, estão presos no vale de Sangla devido aos deslizamentos.

Na cidade de Pune, no estado de Maharashtra, três mulheres morreram esmagadas por um muro que desabou.

Em Mumbai, as autoridades aconselharam os moradores a não sair de suas casas em função das fortes chuvas esperadas para os próximos dois dias.

As inundações são frequentes na Índia na época de monção.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade