1 evento ao vivo

Partidários de Bo Xilai criam novo partido político na China

10 nov 2013
04h11
  • separator
  • comentários

Partidários do ex-ministro do Comércio Bo Xilai, condenado à prisão perpétua por corrupção, criaram um novo partido político na China que nomeou como presidente vitalício o ex-líder, em um claro desafio ao governante Partido Comunista que proíbe "de fato" a criação de grupos contrários a sua gestão.

Segundo publicou o jornal South China Morning Post (SCMP), o Partido Zhi Xian, ou "a Constituição é a autoridade suprema", foi formado na quarta-feira, três dias antes de começar a reunião política mais importante do ano da qual sairão as próximas reformas econômicas e sociais que o país impulsionará.

A nova legenda nomeia Bo como "presidente vitalício", que foi um dos políticos com mais projeção na China e representante da corrente neomaoísta do Partido, segundo confirma ao jornal uma das fundadoras do Zhi Xian, Wang Zheng.

Wang, professora de comércio internacional do Instituto de Ciências Econômicas e Gestão de Pequim, defendeu que a criação do Partido "não é ilegal sob a Lei chinesa".

Em carta aberta publicada na internet no dia depois de formado novo partido, Wang explica que é uma professora comum, que nunca conheceu pessoalmente Bo, mas que sua figura a inspirou e lhe impressionou a atitude combativa que o ex-líder mostrou no julgamento contra ele no final de agosto, por suborno, desvio e abuso de poder.

A professora, a voz de uma legenda que desafia o sistema do Partido Comunista chinês (PCCh) que ataca qualquer tipo de partido que o critique, embora no papel os permita, rejeitou ter sido perseguida pelas autoridades chinesas depois de publicada a carta aberta.

EFE   
  • separator
  • comentários
publicidade