PUBLICIDADE

Paquistão: jovem é agredida pela própria família e sobrevive

Agressão aconteceu porque a jovem casou com o homem que amava; episódio acontece semanas depois da morte de Farzana Parveen, morta pelo mesmo motivo

6 jun 2014 21h22
| atualizado às 21h25
ver comentários
Publicidade
<p>Saba Maqsood foi atacada pelo pai, pelo tio, pelo irmão e pela tia por ter se casado com um homem para quem não estava prometida</p>
Saba Maqsood foi atacada pelo pai, pelo tio, pelo irmão e pela tia por ter se casado com um homem para quem não estava prometida
Foto: Independent / Reprodução

Uma mulher de 18 anos de idade sobreviveu após ser baleada e jogada em um canal por sua família, no Paquistão. A agressão aconteceu porque a jovem casou com o homem que amava, contra a vontade da sua família. O episódio acontece semanas depois da morte de Farzana Parveen, apedrejada pela família, pelo mesmo motivo. As informações são do jornal Independent.

Segundo a publicação, a jovem Saba Maqsood foi atacada pelo pai, pelo tio, pelo irmão e pela tia. O crime aconteceu na cidade de Conselheiro Lafaiate, na província de Punjab.

Após apanhar e levar dois tiros, Saba ficou inconsciente e foi jogada no canal. Pouco tempo depois, retomou a consciência e se arrastou até um banco, onde recebeu ajuda. Recuperada, a jovem ficou com uma cicatriz no rosto, como marca da agressão.

Violência contra mulher Mutilação genital, apedrejamento e morte; saiba mais sobre a violência contra a mulher

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade