0

Papa se encontra com 300 crianças que foram resgatadas das ruas nas Filipinas

16 jan 2015
05h11

O papa Francisco se encontrou nesta sexta-feira, em um evento que não estava programado, com centenas de crianças das Filipinas que viviam nas ruas e foram ajudadas pela associação Ank-Tnk.

Após a missa na catedral da Imaculada Conceição de Manila, Francisco foi até uma das sedes dessa associação para se reunir com entre 200 e 300 crianças que foram resgatadas das ruas.

O centro, que é dirigido por um padre jesuíta francês, oferece amparo a mais de 20 de meninas. No entanto, havia crianças de outras sedes da associação para ver ao papa.

O pontífice argentino falou com eles em espanhol e as crianças, que tinham entre 6 e 10 anos, não hesitaram em abraçar o papa e beijá-lo. Duas delas, inclusive, se sentaram no colo de Francisco. Os pequenos também cantaram e entregaram alguns presentes para o papa.

Também estavam presentes no evento o arcebispo de Manila e o presidente da Conferência Episcopal das Filipinas, Luis Antonio Tagle.

A associação Ank-Tnk atua em vários países e tenta resgatar as crianças dos horrores da vida nas ruas: miséria, violência, drogas e prostituição.

O cardeal Tagle organizou em outubro do ano passado um vídeo mostrando milhares de cartas dessas crianças convidando o papa a visitá-los.

EFE   
publicidade