0

Operadora de Fukushima admite ter minimizado risco de tsunami

12 out 2012
10h06
atualizado às 11h00

A empresa japonesa Tepco, que operava a central nuclear de Fukushima, admitiu pela primeira vez nesta sexta-feira que havia minimizado o risco de tsunami por medo de ser obrigada a fechar a sua usina para melhorar a segurança.

"Havia um temor latente de que fosse necessário fechar a usina até que fossem estabelecidas medidas drásticas de segurança", indicou a Tokyo Electric Power Company (Tepco) em um relatório. O documento, intitulado "Política Fundamental para a Reforma da Organização de Energia Nuclear da TEPCO", indica que a companhia japonesa não estava suficientemente preparada para enfrentar um desastre natural como o terremoto e o tsunami que sacudiram o Japão em março de 2011.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade
publicidade