1 evento ao vivo

ONU impõe novas sanções contra Coreia do Norte por lançamento de foguete

22 jan 2013
20h58
atualizado às 21h04

O Conselho de Segurança da ONU aprovou nesta terça-feira por unanimidade novas sanções à Coreia do Norte em represália ao lançamento de um foguete de longo alcance em dezembro do ano passado.

Os quinze membros do Conselho ordenaram o congelamento dos ativos do Comitê Coreano de Tecnologia Espacial encarregado do lançamento e de outros organismos do país, assim como restrições para que funcionários locais viajem para o exterior.

A Coreia do Norte lançou em 12 de dezembro o foguete de longo alcance Unha-3, que aparentemente conseguiu colocar em órbita pela primeira vez em sua história um satélite de observação. Os Estados Unidos e a Coreia do Sul queriam que a ONU reforçasse as sanções contra Pyongyang.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou as sanções e disse que ao falar com uma "voz única" os quinze membros reafirmam que a busca de armas nucleares "é inaceitável" para a comunidade internacional.

O diplomata sul-coreano pediu para que Pyongyang respeite "todas as resoluções" do Conselho e evite"novos passos" que possam, segundo sua opinião, "exacerbar as tensões" na península da Coreia, "incluídos novos lançamentos ou testes nucleares".

O Conselho ordenou também o congelamento dos ativos do Bank of East Land, que fornece apoio à exportadora de armas Green Pine, e da mineradora Korea Mining Development Trading Corp (Komid), responsável pela metade das armas que a Coreia do Norte exporta.

EFE   
publicidade