3 eventos ao vivo

Obama faz alerta contra lançamento de foguetes da Coreia do Norte

25 mar 2012
08h05
atualizado às 08h47

O presidente americano, Barack Obama, disse neste domingo que a Coreia do Norte não "conseguirá nada com ameaças ou provocações". O alerta é feito no momento em que a Coreia do Norte se prepara para lançar um foguete de longo alcance que, segundo Pyongyang, colocará um satélite em órbita.

Obama se encontrou com o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak
Obama se encontrou com o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak
Foto: AP

Obama está na Coreia do Sul, onde participa de discussões sobre segurança nuclear. Ao lado do presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, Obama disse que a Coreia do Norte sabe de suas obrigações e deve tomar passos irreversíveis para cumpri-las. Os dois líderes disseram que o país corre risco de sofrer novas sanções e um maior isolamento internacional se não cancelar os testes com foguetes planejados para o mês que vem.

Zona desmilitarizada
Mais cedo, Obama visitou a zona desmilitarizada que separa as duas Coreias. Ele cumprimentou soldados americanos e disse que eles estavam na "fronteira da liberdade". "Eu não poderia estar mais orgulhoso do que vocês estão fazendo", disse o presidente americano.

Segundo ele, o contraste entre os dois lados da fronteira "não poderia ser mais absoluto" e os militares "estão trabalhando para criar o espaço e a oportunidade para a liberdade e prosperidade".

Obama participa, em Seul, da Segunda Cúpula de Segurança Nuclear, que terá a presença de líderes de mais de 50 nações. O Brasil está representado pelo vice-presidente, Michel Temer. A Coreia do Norte não participa do encontro e o programa nuclear de Pyongyang não consta oficialmente da agenda de discussões.

Mísseis
No início da semana, o Japão disse estar preparando suas defesas antimísseis para o lançamento anunciado pela Coreia do Norte, previsto para acontecer entre 12 e 16 de abril. Pyongyang afirmou que o míssil de longo alcance faria uma nova trajetória pelo sul em vez da rota prevista anteriormente, sobre o Japão.

A Coreia do Norte tem demonstrado um domínio cada vez maior de tecnologias balísticas em seus três testes anteriores de longo alcance. Especialistas dizem, no entanto, que nenhum deles conseguiu entrar em órbita e que detritos caíram na Terra em diversos estágios dos testes.

Na capital norte-coreana, dezenas de milhares de pessoas foram às ruas neste domingo para marcar o fim dos cem dias de luto pelo líder Kim Jong-il, que morreu após um ataque cardíaco, em dezembro.

BBCBrasil.com BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.

compartilhe

publicidade
publicidade