2 eventos ao vivo

Obama cancela reunião com Putin em setembro por tensões no caso Snowden

7 ago 2013
15h10
atualizado às 15h12

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, cancelou a reunião que teria com seu colega russo, Vladimir Putin, em setembro devido à concessão de asilo temporário a Edward Snowden na Rússia, entre outros motivos, informou nesta quarta-feira à Agência Efe uma fonte da Casa Branca.

Obama iria se reunir com Putin em Moscou antes de seu comparecimento na cúpula do G20 que acontecerá em setembro em São Petersburgo.

"Após uma cuidadosa revisão que começou em julho, chegamos à conclusão de que não há suficiente progresso recente em nossa agenda bilateral que justifique a realização de uma cúpula EUA-Rússia no início de setembro", detalhou a Casa Branca em comunicado.

A decisão da Rússia de conceder asilo temporário a Snowden "foi considerada na avaliação da situação atual de nossa relação bilateral", acrescentou o comunicado.

Além disso, a Casa Branca menciona como argumento para o cancelamento da cúpula a "falta de avanços" em temas como a defesa antimísseis, as relações comerciais, assuntos de segurança global e de direitos humanos, entre outros.

"Informamos ao governo russo que achamos que seria mais construtivo adiar a cúpula até que tenhamos mais resultados em nossa agenda compartilhada", disse a Casa Branca.

Na terça-feira pela noite, em uma entrevista ao programa "The Tonight Show" de Jay Leno, Obama afirmou estar decepcionado com a decisão da Rússia de oferecer asilo a Snowden.

"Há momentos em que eles (os russos) voltam ao pensamento e mentalidade da Guerra Fria. O que lhes dizemos e ao presidente Putin é que isso é passado", afirmou Obama nessa entrevista ao programa da emissora "NBC".

Após saber na semana passada que a Rússia havia concedido asilo temporário a Snowden, a Casa Branca disse que estava avaliando a "utilidade" da reunião prevista entre Obama e Putin.

O que se mantém de pé é a presença do presidente americano na cúpula do G20 em São Petersburgo.

A última vez que Obama e Putin tiveram um encontro bilateral foi em junho, durante a cúpula do G8 realizada na Irlanda do Norte.

Os secretários dos Departamentos de Estado e Defesa dos EUA, John Kerry e Chuck Hagel, devem se reunir na próxima sexta-feira em Washington com seus colegas russos, Sergei Lavrov e Serguei Shoigu, em um diálogo de alto nível no qual devem ser discutidos o caso de Edward Snowden e a situação na Síria.

O Departamento de Estado anunciou na terça-feira a reunião, um diálogo bilateral de alto nível realizado anualmente e que as autoridades americanas decidiram manter, por enquanto, apesar do asilo concedido a Snowden.

A Casa Branca confirmou hoje que essa reunião segue de pé para abordar "a melhor forma de avançar" em todos os assuntos da relação entre os dois países.

EFE   
publicidade