2 eventos ao vivo

Morre ex-presidente bengalês que decretou estado de exceção em 2007

Morre ex-presidente bengalês que decretou estado de exceção em 2007

10 dez 2012
09h11
atualizado às 09h20

O ex-presidente de Bangladesh, Iajuddin Ahmed, que em 2007 impôs o estado de exceção perante o clima de violência política que assolava o país, morreu nesta segunda-feira aos 81 anos de idade.

O ex-presidente, que nasceu em 1931 no atual distrito bengalês de Mushnganj, morreu às 10h40 locais (1h40 de Brasília) em um hospital de Bangcoc, capital da Tailândia, segundo declarou seu filho Imtiaz Ahmed Babu à imprensa local.

Iajuddin Ahmed foi durante grande parte de sua vida professor em universidades de Bangladesh, Alemanha e Estados Unidos, e em 2002 foi nomeado presidente de seu país.

Em janeiro de 2007, Ahmed decretou o estado de exceção perante o clima de violência que imperava no país pelo enfrentamento entre seguidores dos dois principais partidos políticos.

O estado de exceção veio acompanhado de um regime interino de governo tutelado pelo Exército que durou mais de dois anos e terminou em 2009 com as eleições legislativas que levaram ao poder à Liga Awami de Sheikh Hasina, atual primeira-ministra.

O "número dois" da Liga Awami, Zilur Rahman, substituiu Ahmed na presidência do país em fevereiro daquele ano.g

EFE   

compartilhe

publicidade