4 eventos ao vivo

Mais alta do mundo, chinesa de 2,36 morre aos 40 anos

4 dez 2012
15h53
atualizado às 15h58

Foi divulgado nesta terça-feira que a chinesa considerada a mulher mais alta do mundo morreu aos 40 anos no último dia 13 de novembro, informa a jornal britânico The Sun. Yao Defen media 2,36 m e chegou a pesar mais de 200 kg.

Yao Defen em imagem de maio de 2002, quando media aproximadamente 2,30 m
Yao Defen em imagem de maio de 2002, quando media aproximadamente 2,30 m
Foto: AFP

Nascida em 1972, Yao sofria de gigantismo graças a um tumor na glândula pituitária, também conhecida como hipófise. Os médicos descobriram o tumor quando ela ainda estava nas escola. Aos 15 anos, ela já passava dos 2 m de altura.

A doença fazia com que a glândula liberasse mais hormônios do crescimento do que o normal e causasse o crescimento excessivo de seus ossos. Em 2006, o tumor foi removido, o que fez com que ela parasse de crescer. No entanto, o tumor reapareceu e, devido a problemas financeiros da família, ela não conseguiu realizar novas cirurgias.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade