0

Japão revisa e eleva para 9 graus magnitude do terremoto

13 mar 2011
00h56
atualizado às 10h27

A Agência Meteorológica japonesa revisou e elevou neste domingo para 9 graus na escala aberta de Richter o devastador terremoto ocorrido nesta sexta-feira no litoral nordeste do Japão, que se transforma em um dos de maior magnitude da história.

Até agora, os especialistas japoneses tinham assinalado que a magnitude do terremoto tinha sido de 8,8 graus e do máximo de 7 na escala japonesa, que mede o alcance do terremoto mais que a intensidade do tremor. Para o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) a magnitude foi de 8,9 graus na escala Richter.

O terremoto, que foi seguido de um devastador tsunami, causou pelo menos 763 mortos e 639 desaparecidos, segundo o último cálculo oficial. O terremoto de 9 graus do Japão é o segundo de maior magnitude ocorrido no mundo desde o começo do século XX. Só foi superado pelo terremoto de 22 de maio de 1960 em Valdivia (Chile), que alcançou 9,5 graus na escala Richter e causou cerca de 6 mil mortes.

O último grande terremoto ocorrido no Japão aconteceu em 17 de janeiro de 1995, na cidade de Kobe. Causou 6,4 mil mortes e alcançou uma magnitude de 7,2 graus. Em 1º de setembro de 1923, aconteceu na região de Tóquio o grande terremoto de Kanto, que causou 142.800 mortes.

info infográfico mapa epicentro japão
info infográfico mapa epicentro japão
Foto: Reuters
EFE   
publicidade