1 evento ao vivo

Japão mantém alerta máximo por possível lançamento de mísseis

10 abr 2013
23h49
atualizado em 11/4/2013 às 00h01
  • separator
  • 0
  • comentários

O ministro da Defesa japonês, Itsunori Onodera, afirmou nesta quinta-feira (horário local) que o Japão mantém o estado de alerta máximo e intensificou a busca por informações sobre as movimentações da Coreia do Norte, em meio aos sinais que revelam a disposição das plataformas de lançamento de mísseis no país vizinho.

Segundo informaram fontes da Defesa à agência Kyodo, recentes imagens por satélite mostram que a plataforma de lançamento de mísseis norte-coreana foi colocada em posição vertical, o que pode indicar a finalização dos preparativos ou se trata de uma simples manobra para gerar confusão.

Onodera confirmou que o Japão "reúne todo tipo de informações", um dia após anunciar que o país está preparado para interceptar o eventual lançamento múltiplo de mísseis por parte do regime de Kim Jong-un.

Nesta semana, o Japão desdobrou nas instalações do Ministério da Defesa, no centro de Tóquio, dois sistemas antimísseis terra-ar Patriot Advanced Capability-3 (PAC-3).

As unidades instaladas na capital serviriam para derrubar projéteis no caso de um hipotético ataque escapar dos destróieres japoneses no Mar do Japão, em sua costa noroeste.

Na quarta-feira, a Coreia do Norte reiterou sua ameaça ao Japão, ao assegurar no editorial do jornal do partido único norte-coreano que o transformará em um "campo de batalha", com alvos em cidades como Tóquio, Osaka e Kioto, se o Japão provocar o início de um conflito armado.

Infográfico mostra o alcance dos mísseis norte-coreanos
Infográfico mostra o alcance dos mísseis norte-coreanos
Foto: AFP

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade